domingo, 19 de junho de 2016

UM TROCADO PARA A VÃ DEMOCRACIA

UM TROCADO PARA A VÃ DEMOCRACIA



Miguezim de Princesa
I
Meu caro Sérgio Machado,
Eu lhe digo com franqueza
Que Miguezim de Princesa
Só precisa de um trocado,
Porque seu eleitorado
É só cana com limão;
Aluguel e prestação
Pode deixar pra outro dia,
Que não temos a agonia
De quem só pede milhão.
II
O homem do bigodão
Pediu logo foi dezoito,
Comprou tudo de biscoito,
Saiu dando na eleição.
Nas terras do Maranhão,
Onde o bigodudo é rei,
Contar a história eu sei,
O povo andava dizendo
Que todos viviam comendo
O biscoito de Sarney.
III
O “matador” de Alagoas,
Doido por rabo de saia,
Fez uma ligação da praia
No dia que estava à toa,
Fez uma encomenda boa
De quase trinta milhões,
Se enfiou pelos grotões,
Elegeu até cavalo,
Que quem segura o badalo
Não se perde em eleições.
IV
Saiu dinheiro voando
Do miolo do jucá,
Viram uma mala passar
Quando ele estava voltando,
O dinheiro passeando
Pela mão de quem tem sorte.
Juro na frente da morte.
Com sua foice matadeira,
Que encontraram uma pacoteira
No Rio Grande do Norte.
V
Virou praxe o deputado
Pedir ao governador,
Este pede ao senador,
Que corre a Sérgio Machado,
Um vereador safado,
Cheio de demagogia,
Também passou sua bacia
Arrecadando o bambá
Em nome de sustentar
Nossa vã democracia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco