quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Premio da industria pornô


Caiu por terra o mito que em Itaporanga não dava pra fazer um filme porque aqui so tinha artistas... por um desentendimento conjuga, vários vídeos foram para propositalmente na rede.

O assunto virou um bochicho só. Eram estudantes, pessoas nas esquinas, todo mundo com o celulear na mão assistindo os vídeos. Eu confesso cheguei a ver alguns, e digo com franquesa, deixam de boca aberta, as mais experientes artistas pornôs. E coisa pra "Brasileirinhas".

Bom, o fato repercutiu muito, várias pessoas dando os parabéns pela direção do Colégio Diocesano ter demitido o ator principal, enquanto outros diziam que era uma vergonha o dono do estabelecimento não tê-la demitida imediatamente, disseram até que pelo modo que ele agiu, só tendo também um caso com ela.

O fato é quê, a "moça"  continua trabalhando tranquilamente como se o acontecido não fosse com ela. É o pogressio chegando a nossa cidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco