sábado, 18 de outubro de 2014

OS NOSSOS CORRUPTOS SÃO MENOS CORRUPTOS

Num dos depoimentos da série da delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou que pagou propina ao ex-presidente do PSDB Sérgio Guerra para esvaziar a CPI da Petrobras em 2009. 

A CPI foi criada para investigar desvios na construção da refinaria de Abreu e Lima, entre outras irregularidades, e terminou sem qualquer resultado concreto.

Guerra era um dos principais líderes da oposição na CPI. O ex-senador morreu em 6 de março deste ano. Ele foi substituído no cargo pelo senador Aécio Neves, atual candidato do PSDB à presidência da República.

No início, a CPI provocou desgaste ao governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas depois começou a ser vista como um problema por integrantes de vários partidos. As investigações naquele momento estariam afugentando importantes doadores de campanha.

* * *

Segundo a implacável teoria intitulada Meu Ladrão Rouba Menos, estabelecida e desenvolvida pela fubânica Cascavel de Resguardo, a proprina paga ao defunto ex-prisidente do PSDB – o mesmo partido de Aécio Neves, é bom ressaltar -, foi infinitamente maior que os inocentes agradinhos recebidos pelos graduados dirigentes do PT.

E tem mais: o que os petistas receberam foi pra aplicar no trabalho em prol do povo, do desenvolvimento de Banânia e da erradicação da miséria. Já o que os tucanos embolsaram foi pra enriquecimento pessoal ilícito.

Com isso fica provada a tese fundamental da estimada fubânica gunvernista, eleitora fiel da dupla Lula/Dilma: os corruptos de vocês são bem mais corruptos que os nossos.


Ex-prisidente do PSDB, o falecido tucano Sérgio Guerra: “Esse povinho num me deixa descansar em paz…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco