quarta-feira, 3 de setembro de 2014

FRASES REVELAM O BOM HUMOR DE SÉRGIO PORTO (STANISLAW PONTE PRETA)

O carioca Sérgio Porto, também conhecido pelo pseudônimo de Stanislaw Ponte Preta (Jan/1923 - Set/1968),  foi jornalista, cronista, escritor, radialista e compositor

“O sol nasce para todos, a sombra pra quem é mais esperto.”
“No Brasil as coisas acontecem, mas depois, com um simples desmentido, deixaram de acontecer.”
“Uma feijoada só é realmente completa quando tem uma ambulância de plantão.”
“Tinha tal pavor de avião que se sentia mal só de ver uma aeromoça.”
“Quando estamos fora, o Brasil dói na alma; quando estamos dentro, dói na pele.”
“Menino mijado, bode embarcado e chefe de Estado, nunca fica despreocupado.”
“Pelo jeito que a coisa vai, em breve o terceiro sexo estará em segundo.”
“Os valores morais são os únicos que conservaram os preços de antigamente.”
“Se você não acredita que o reino do céu é aqui, repare então como os pobres de espírito se divertem.”
“Política tem esta desvantagem: de vez em quando o sujeito vai preso em nome da liberdade.”
“Pediatra sempre capricha na pronúncia quando anuncia sua especialidade, pra evitar mal-entendidos.”
“Quem diz que futebol não tem lógica ou não entende de futebol ou não sabe o que é lógica.”
“Por mais eficaz que sejam os métodos novos de fazer criança, a turma jamais abandonara o antigo.”
“Pra quem gosta de jiló, coruja é colibri.”
“Há sujeitos tão inábeis que sua ausência preenche uma lacuna.”
“Esperanto é a língua universal que não se fala em lugar nenhum.”
“Quando aquele cavalheiro nervoso entrou no hospital dizendo “eu sou coronel, eu sou coronel”, o médico tirou o estetoscópio do ouvido e quis saber: ‘Fora esse, qual o outro mal do qual o senhor se queixa?’”
“Em rio de piranha jacaré nada de costas.”
“Pode-se dizer a maior besteira, mas se for dita em latim muitos concordarão.”
“Ou restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco