sexta-feira, 12 de setembro de 2014

E ASSIM SE PASSARAM DEZ ANOS…

O propinoduto na Petrobras ocorreu entre 2004 e 2012, ou seja, nos governos de Lula e Dilma, segundo revelou o ex-diretor Paulo Roberto Costa. 


Isso significa que enquanto Lula jurava que “não sabia” e os petistas insistiam que o mensalão era invenção da “imprensa golpista”, outro mensalão era alimentado por 3% do valor dos contratos da Petrobras, e o dinheiro roubado repassado aos políticos aliados do PT.

* * *

Interessante esta coincidência e esta superposição de datas.


Mensalão e Petrolão foram gerados à mesma época, num estupro que engravidou um útero fertilíssimo. Os guabirus petralhas fuderam a nação e ela ficou grávida destes dois monstrengos.


Dois monstrengos cujas despesas, desde maternidade até fraldas e mamadeiras, vão ser todas bancadas por nós outros, os trouxas, os babacas, os palhaços, nós que pagamos os impostos, nós os contribuintes da um país chamado República Federativa de Banânia.


Uma década da pura sacanagem. Dez anos de putaria. É recomendável tirar as crianças do recinto.

sponholz3

Enquanto vocês tomam as providências para afastar os dimenor da sala, vamos fazer uma rápida enquete. 


Vocês digam qual das duas interpretações a seguir da música Dez Anos,  uma versão de Lourival Faissal para o bolero mexicano “Diez años“, de Raphael Hernández, é a melhor.
Se a primeira, com Emilinha Borba, se a segunda com Gal Costa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco