segunda-feira, 18 de agosto de 2014

FILOSOFIA DE PARA-CHOQUE


“Faz de conta que é um sequestro, vem comigo e esquece o resto.”

“O dinheiro me faz viajar. A saudade, voltar.”

“Chegou o gato. Prendam os cachorros e larguem as gatas.”

“Amor é como fumaça: sufoca e passa.”

“Feia por fora e bonita por dentro? Vira do avesso!”

“Jesus te ama, mas eu te acho um babaca!”

“Homem é como basculante: quando velho, não levanta mais.”

“A mulher que eu mais amo tem compromisso com meu pai.”

“Jurei te esquecer, mas de tão esquecido esqueci de te esquecer.”

“Não sou galinha, mas meu coração é um poleiro.”

“Gosto de sogra. Tenho quatro.”

“Não sou dentista, mas gosto de banguela.”

“Nem no dia de sua morte o coveiro falta ao cemitério.”

“A bebida desperta o poeta que há em cada um de nós.”

“Destruidor de distâncias, devorador da saudade.”

“A calúnia é como carvão: quando não queima, suja.”

“Há caras de muitos amigos e amigos de muitas caras.”

“Gato que já levou tijolada não dorme em olaria.”

“80 ção! 20 te ver! 100 você, não sei viver!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco