domingo, 24 de agosto de 2014

EU APRENDI COM MEUS PAIS


Eu aprendi com meus pais
Que sou produto do meio
Que blasfemar é pecado
Falar dos outros é feio
Lutar sempre por conquistas
Sem que pegue no alheio.

Na arrogância dar freio
Não querer ser mais que alguém
Pois perante o olhar de Deus
Só vale aquele que tem
Dignidade e decência
Sem nunca humilhar ninguém.

E me ensinaram também
Ser rico de coração
Pra dar água a quem tem sede
Comida a quem não tem pão
E praquele que precisa
Sempre estender a mão.

Meus pais deram-me a lição
De um jeito maravilhoso
Que a vida é pra ser vivida
De modo bem prazeroso
Dando atenção a criança
E respeitando o idoso.

Para aquele que é bondoso
O bem viver lhe convém
Quem segue as trilhas do mal
Jamais irá muito além
Pois vai findar sufocado
Na maldade que contém.

Nunca tornar-se um refém
Da droga, ou de qualquer vício,
Porque isso só nos leva
Ao fundo do precipício
Para a cadeia ou pra cova
Ou mesmo para o hospício.

Os meus pais desde o início
Ensinaram-me assim
Que o que tem bom começo
Terá bom meio e bom fim
O mesmo não acontece
Com aquele que é ruim.

A vida é bela enfim
Pra quem sabe aproveita-la
Seguindo o seu passo a passo
Quais as regras de uma escala
E o que sair do compasso
Profundamente se abala.

Dos meus pais ouvi a fala
E ainda sigo nos trilhos
E os grandes ensinamentos
Deram fulgor a meus brilhos
Tudo que aprendi com eles
Repassei para meus filhos.

Não encontrei empecilhos
Pra dar conselhos diretos
E vejo que bem seguiram
Os rumos dos meus projetos
Pois ora estão repassando
Os dados, para meus netos.

Os pareceres completos
Que com meus pais aprendi
Hoje sou agradecido
Por tudo que já vivi
E por dar ensinamentos
Com as lições que recebi.

Vou terminar por aqui
Essa minha referência
A meus pais que me ensinaram
Com calma e com paciência
A caminhar pela vida
Na calma, sem violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco