sábado, 30 de agosto de 2014

Como Tem Zé na Paraíba

 Homenagem a seu Zé de Souza, paraibano de Araruna-PB (Arara preta, em Tupi), município situado na fronteira com o Rio Grande do Norte, também conhecido como “Serra do Frio” ou “Terra da Garoa”, vejam só! Não confundir com Uiraúna-PB, terra natal de Luísa Erundina.

Gravada por Jackson do Pandeiro, em 1962, composição do pernambucano Manezinho Araújo, em parceria com o cearense Catulo de Paula:


Como Tem Zé na Paraíba

Vige como tem Zé
Zé de baixo, Zé de riba
Tesconjuro com tanto Zé
Como tem Zé lá na Paraíba.

Lá na feira é só Zé que faz fervura
Tem mais Zé do que coco catolé
Só de Zé tem uns cem na Prefeitura
Outros cem no comércio tem de Zé
Tanto Zé desse jeito é um estrago
Eu só sei que tem Zé de dar com o pé
Faz lembrar a gagueira de um gago
Que aqui se danou a dizer Zé.

Num forró que eu fui em Cajazeira
O cacete cantou e fêz banzé
Pois um bebo no meio da bebedeira
Falou mal e xingou a mãe dum Zé
Como tinha só Zé nesse zunzum
Houve logo tamanho rapapé
Mãe de Zé era a mãe de cada um
No salão brigou tudo que era Zé…

É Zé João, Zé Pilão e Zé Maleta
Zé Negào, Zé da Cota, Zé Quelé
Todo mundo só tem uma receita
Quando quer ter um filho só tem Zé
E com essa franqueza que eu uso
Eu repito e se zangue quem quiser
Tanto Zé desse jeito é um abuso
Mas o diabo é que eu me chamo Zé..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco