domingo, 3 de agosto de 2014

Amor etrrno

O rapaz passava a primeira noite com sua noiva. Após várias sessões de amor, adormeceram. De madrugada, ele começou a gritar. Ela o acordou e ele, com voz trêmula, explicou que tinha tido um pesadelo. Sonhou que estava dependurado à beira de um precipício, e que só não caiu porque se agarrou desesperadamente a um arbusto. - Agora já passou - disse ela, confortando-o. - Fique tranquilo e volte a dormir. - Já estou mais calmo. Durma também, querida. - Tá, meu amor. Só estou esperando você tirar a mão do arbusto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco