sexta-feira, 25 de julho de 2014

Traição bancária e lesma no jantar são temas da ‘Ácidas e Piancólicas’ desta sexta-feira

Uma suposta traição descoberta pelos extratos bancários gerou indenização de R$ 30 mil a um cliente do Banco de Brasília (BRB). O autor da ação contou à Justiça que sua companheira teve acesso a seus dados bancários.

Sigilo Bancário

Uma suposta traição descoberta pelos extratos bancários gerou indenização de R$ 30 mil a um cliente do Banco de Brasília (BRB). O autor da ação contou à Justiça que sua companheira teve acesso a seus dados bancários através de uma funcionária do banco. Ele contou que, depois disso, ele e a mulher se separaram, o que lhe causou forte depressão e necessidade de usar medicação controlada.

 ***

Veja que em banco a gente pode depositar até dinheiro, mas depositar confiança jamais. A instituição financeira está sendo acusada de revelar onde o cliente gostava de investir e em quais fundos ele mais aplicava e ficou comprovado que não era nos da sua conta conjunta. Esse foi o primeiro casamento desfeito por quebra de sigilo de banco, imaginem se começam a pedir a quebra de sigilo de cama.

lesmaSalada de Molusco

O corretor de seguros Pedro Barbosa, de 29 anos, tomou um susto quando jantava com um cliente no PF Chang´s no Casa Shopping, na Barra da Tijuca, na noite desta quarta-feira. A alface do prato veio acompanhada de uma lesma. — O restaurante abriu há um mês, e ontem estive lá pela segunda vez para um jantar de trabalho.

***

Levando-se em consideração a data de abertura do restaurante e a velocidade da lesma, ela estava na salada desde a inauguração. Pode ser também um novo prato da chamada slow food, afinal a cozinha chinesa é rica em pratos exóticos. O problema seria maior se ao invés de encontrar uma lesma ele tivesse encontrado apenas a metade da lesma, mas há quem diga que dar na mesma. A lesma veio pra provar que a pressa também é inimiga da refeição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco