domingo, 24 de março de 2013

Não foi nem Oxente. Foi só Oxe!


Oxe - Provoca o pedido de retirada da jovem Marilia da plateia da Camarâ Municipal de Itaporanga

Por Ubiramar Sinfrônio Pita 


Na última sessão da Câmara Municipal de Itaporanga aconteceu um fato inusitado, foi quando o presidente daquela Casa expulsou a jovem Marilia, que nos prestigia em todas as reuniões com sua presença e suas manifestações, e um simples “OXE”, levou ao constrangimento da retirada daquela jovem da plateia que ali estava. Acho que o presidente da casa deveria primeiro adverti-la, para uma posterior atitude, mas não de imediato pedir a sua retirada. Sei que o mesmo tem o “poder” para isto, porém, temos que ter discernimento em nossas atitudes, pois levamos um bom tempo para motivar os cidadãos itaporanguenses a participarem das reuniões, que são públicas, significando que aquele espaço é do povo. Agora que conseguimos esse objetivo tão almejado, vamos retalhar essas pessoas que foram convocadas a nos ajudarem com sugestões e críticas. Onde fica a democracia, onde fica o direito de livre expressão, onde fica o direito de ir e vir, previsto na Constituição Federal de 1988. Parabenizo a jovem Marilia, e a deixo livre para me criticar a qualquer momento, bem como todos os outros cidadãos que ali se fazem presentes, pois a crítica, quando construtiva, serve para nos ajudar e sempre será bem vinda. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco