sexta-feira, 1 de outubro de 2010

E VIVA AS "ZINLEIÇÕES"!


Seja qual for o resultado da zinleição, o certo é que sairá vencedor o candidato que ganhar. Também ninguém pode duvidar que o ganhador será aquele que tiver mais votos. Então, minha gente, o resultado do pleito somente será surpresa para aqueles que não sabem fazer conta. Quem sabe, sabe mais do que ninguém que o candidato ganhador não será o candidato perdedor.

Nessas zinleições nós vamos nos incasquetar de cabo a rabo. É número demais. O sujeito tem que votar para presidente da república, em seguida votará para governador de Estado, achando pouco, mandam cravar o voto em dois senadores, segue-se o voto no deputado federal e, achando pouco, ainda vem o tal do estadual.

O jeito é fazer a fila escrita, botar no bolso e votar na hora H. Eu mesmo vou votar lá no Funcionários II, como faço em todas as zinleições. Não moro mais lá desde 97, mas não consigo fugir daquela árvore frondosa no meio da praça, onde a turma se reúne para descumprir a lei. É votando e indo lá tomar uma chamadinha de cachaça com sardinha na farinha. No dia que tirarem a cachaça da árvore da praça do Funcionários II, mudo meu endereço eletrônico, epa!, melhor dizendo, meu endereço eleitoral.

Nessas zinleições não vi nenhum cabo eleitoral. Aliás, não vi cabo, não vi sargento, muito menos aquele tenente gay que chama a turma para dança ilariariê da Xuxa na casa dele, sequer o guarda noturno deu as caras. Sendo assim, chego a conclusão de que a revolução resolveu de vez arquivar sua passagem por essa terra e deixar tudo nas mãos dos civis, que, mesmo sem farda, sabem dar o ar divertido nas coisas sisudas dessa vida, dentre as quais as zinleições.

E viva a democracia!

blog do Tião Lucena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco