sábado, 4 de setembro de 2010

HELP!

A japonesa Yoko Ono, viúva de John Lennon e considerada por muitos como responsável pelo fim da maior banda de rock de todos os tempos, está em temporada no MoMA (Museu de Arte Moderna de Nova Iorque) apresentando seus questionáveis atributos de cantora e artista plástica vanguardista numa demonstração do que ela mesma chamou de “poema conceitual”.

Eu, por outro lado, prefiro acompanhar quem registrou a performance e chamar de “mais longo, fingido e constrangedor orgasmo de todos os tempos”.

Assistam (se conseguirem) e vejam quem está certo.

Ok. Alguém chame o Godzilla, por favor.

Viu, John? Morrer nem foi tão ruim assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco