segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

PONTO DE INTERROGAÇÃO

Cientistas ingleses revelam que “Ponto G” não existe

A longa e conhecida busca pelo Ponto G pode ter sido em vão. Um estudo realizado por cientistas britânicos revelou que a misteriosa área de prazer sexual, reconhecida por algumas mulheres e ignorada por outras, simplesmente não existe.

Os médicos do King’s College de Londres afirmam que não há evidência física ou genética para a existência do Ponto G. Segundo o estudo, tudo não passa de fruto do imaginário feminino, influenciado por revistas e terapeutas sexuais. A conclusão chegou a partir de uma rigorosa pesquisa com mais de 1.800 mulheres.

A médica Andrea Burri, que liderou a pesquisa, disse que estava ansiosa para eliminar a sensação de insucesso que afeta mulheres de todo o mundo que acreditavam não possuir um suposto Ponto G.

“É irresponsável afirmar a existência de uma entidade cuja existência nunca foi realmente provada e, por isso, exercer pressão sobre mulheres e homens”, disse ela.

kibeLoko

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco