quinta-feira, 1 de outubro de 2009

MÓRBIDA SEMELHANÇA

“Que vergonha, meu Deus! Que vergonha…”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco