sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Gente Que Mente - 002


A MENTIRA:


NOTA DE ESCLARECIMENTO E REPÙDIO

A Comissão designada para a realização de Audiências Públicas com o objetivo de elaborar a Lei Orçamentária Anual (LOA - 2010) e o Plano-Plurianual (PPA - 2010 a 2013), VEM, de público, externar o REPÙDIO a fatos ocorridos na reunião desta quinta-feira (17), realizada na Câmara Municipal, protagonizados por funcionários da saúde intermediados por terceiros, com o intuito, orquestrado, para tumultuar, badernar e tentar prejudicar os trabalhos de tão importante atividade, que vinha sendo desempenhada de maneira eloquente e respeitosa, com total transparência e democracia, pela primeira vez na história de Itaporanga.

Faz, ainda, o seguinte Comunicado:

1. Devido à falta de segurança para a continuidade dos trabalhos, já que até bomba artesanal foi lançada em prédio público, assustando os presentes e prejudicando o andamento dos trabalhos, numa atitude vil, irresponsável e desordeira;


2. Devido o constrangimento causado aos convidados para a Audiência, como: o pároco local, presidentes de Associações, Comunidades e Entidades, além da população em geral, que estavam ali para debater propostas de interesse da coletividade;


3. Assim sendo, fica CANCELADA a última Audiência que seria realizada no dia 22, devido os fatos narrados.

Outrossim, nos colocamos à inteira disposição para receber as propostas que estavam programadas para ser entregues por representantes de classes e que deverão ser encaminhadas à referida Comissão até o dia 22, do corrente.


Por fim, relembrando as sábias palavras do grande pensador Augusto Cury: "Para se prevenir um enfarte é necessário que se tenha um bom humor e tolerância; bom humor para enfrentar sua própria estupidez e a tolerância para suportar a estupidez dos outros", em nome da Edilidade, pedimos desculpas à comunidade itaporanguense pelo cancelamento, mas, se fez necessário devido à irresponsabilidade e falta de compromisso, de alguns, com o desenvolvimento do município.

No entanto, podemos assegurar que o que foi discutido até o dia de ontem nas reuniões da Comissão com a população foi muito proveitoso para os fins desejados.

Atenciosamente,

Ass: José Joaquim Salviano da Silva
Presidente da Comissão

QUEM DESMENTIU:

Tirando o pessoal da prefeitura, que viu chifre em cabeça de cavalo, tentando como sempre faz o seu chefe mor quando vai ao rádio: Jogar a população contra os funcionários; Todos que estavam na reunião!

Nós também estavamos presentes e não vimos nenhuma bomba ser jogada na Câmara. Deviam ter pelo menos mais hombridade e dizer que as reuniões foram feitas a contra-gosto e isso que aconteceu (duas ou três reuniões) porque o vereador Herculano não aceitou que o projeto que já se encontrava na Câmara Municipal não fosse colocado em pauta antes de ser discutido com a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por interagir conosco